As punks bem naturais da Amapô

25

jan 12

Texto Stephanie Noelle

©Marcio Madeira / Firstview.com

Na Amapô, Ricardo dos Anjos fez uma maquiagem “nada mas nem tanto”. Isso porque fez uma pele hidratada, meio cremosa, com a base Studio Sculpt, e o iluminador Mineralize Skinfinish Soft and Gentle na zona T. “É pra ficar bem ‘shine’ mesmo, quase plástica. Como a beleza não tem cor, a gente exagera nesse brilho da pele”, explicou Ricardo.

Além disso, o blush Harmony, em pó, é aplicado nos contornos do rosto, para dar profundidade, e o cremoso Cremeblend Lilicent vai nas bochechas, bem “saúde”. Nos olhos, além de não ter cor, também não tem correção em volta, mas há muito rímel nos cílios superiores. A boca segue a linha e é apenas limpa e hidratada com uma textura mais cremosinha.

Já os cabelos não são tão simples assim. “Queríamos fazer os cabelos dos punks de Chelsea (bairro de Londres), que são raspados e só sobram os rabinhos nas laterais, mas como não podíamos fazer isso nos cabelos das modelos, optamos por rabos baixos em toda a cabeça, e um volume meio moicano no alto”, contou o beauty artist. Para manter o formato, foi usado o spray da L’Oreal Tecni.Art e a cera que não é vendida no Brasil, Dax Wave And Groom.

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!

Beleza suave nas musas de Fernanda Yamamoto

24

jan 12

Texto Stephanie Noelle

©Marcio Madeira / Firstview.com

“Assim que soube que o inverno 2012 da Fernanda seria inspirado no Renascimento, já imaginei um make no melhor estilo das musas daquela época”, sintetizou o maquiador Marcos Costa sobre o conceito da beleza de Fernanda Yamamoto.

Para fazer as tais musas, o maquiador fez uma pele com base e iluminador, com uma textura mais hidratada, bocas suavemente pintadas com batom cor de boca ou rosa em textura matte. Nos olhos, um toque sutil, porém visível, de lilás, com cílios postiços e máscara de cílios preta. Todos os produtos utilizados foram da linha Natura Una.

Nos cabelos, um rabo de cavalo dividido nas laterais, e com um torcidinho para trás.

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!

Na beleza da Uma de Raquel Davidowicz, muito cobre

24

jan 12

Texto Stephanie Noelle

©Andre Conti/Agência Fotosite – Reprodução

No retorno da Uma de Raquel Davidowicz ao São Paulo Fashion Week, o beauty artist Marcos Costa pensou em uma maquiagem que fosse atemporal, e que pudesse ser emulada na vida real.

Assim, utilizou na pele uma mistura da base com corretivo iluminador, e deu um toque de cor com o Batom Intenso Cobre 2, e apostou no tom também nas bochechas, com o blush Bronze.

Já nas convidadas que desfilaram para a marca, Marcos investiu em olhos esfumados com marrom, preto e grená, bastante máscara de cílios e batom ou cor de boca, ou cobre. Todos os produtos usados eram Natura Una.

Nos cabelos, um presinho displicente, daquelas que as mulheres fazem rapidamente ao acordarem.

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!

Sensualidade na beleza da Colcci

23

jan 12

Texto Stephanie Noelle

©Marcio Madeira / Firstview.com

Na Colcci foi a vez de uma mulher bem sexy. E o efeito foi alcançado com uma boca supervermelha, que foi feita não com um, mas dois batons clássicos da MAC, o Ruby Woo e o Russian Red, e unhas da mesma cor, o “Beijo”, da Risqué. Uma mistura palpável pra ser levada pra vida real.

Na pele, o Studio Moisture Fix, a base bem leve Face & Body e o iluminador Mineralize Skinfinish para finalizar, enquanto nos olhos muita máscara de cílios, a Haute & Naughty Lash, mas sem sombra, e com sobrancelha bem marcada. Os cabelos, mais casuais, eram amarrados em coques altos, meio soltos, finalizados com L’Oréal Professionnel Texture Expert Infinium Spray.

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!

Maquiagem sexy e nada óbvia de Fause Haten

23

jan 12

Texto Stephanie Noelle

©Marcio Madeira / Firstview.com

A maquiagem “nada” e “natural” tirou uma folga no desfile de Fause Haten, e deu espaço para um mix de influências feito pelo beauty artist Ricardo dos Anjos.

“Misturamos as mulheres havaianas dos filmes do Elvis Presley com as mulheres de Gianni Versace. Pensei em algo que fosse sexy, mas não óbvio”, explicou Ricardo. Assim, o maquiador optou por uma pele mais cremosa e iluminada, feita com a base hidratante Studio Moisture Fix, com blush mais quente, o Format, e o iluminador Soft and Gentle. Para um olho sexy, lápis preto e uma mistura de marrons e metalizados feita com o pigmento Chocolate Brown, aplicado na pálpebra móvel com o pincel levemente molhado, o pigmento Melon no canto interno e rente aos cílios e a sombra em pó Embark. Além disso, lápis preto Smolder em cima e embaixo do olho, na linha d’água.

A boca também não é nada simples e leva uma mistura de dois batons mais gloss, o Smoked Purple e o Rebel, com Desire ou Pop Mode por cima. Os cabelos, num visual sexy bem clássico, eram todos para trás, com mousse de efeito molhado.

“A gente pegou ícones da beleza cafona e juntamos, de um jeito diferente. Se a pessoa quiser usar na vida, é legal escolher um foco, e não pele+boca+olhos”, ensinou o maquiador.

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!

As divas 60′s da Cavalera

23

jan 12

Texto Stephanie Noelle

©Agência Fotosite

Sabe as divas da Motown Records, como as da banda “The Supremes”, do comecinho dos anos 60? Então, foram elas a inspiração para a beleza da Cavalera, assinada por Robert Estevão.

Por isso os cabelos com volume no alto da cabeça, ícone dos sixties, acompanhados de delineador bem puxado, “mais punk”, nos olhos, um pouco mais grossinho, feito com o Boot Black Liquid Eyeliner, da MAC. Além da clássica dupla, Robert usou hidratante Moisture Fix, corretivo Studio Finish e o Cream Colour Base como blush, na cor Rich Coral. O iluminador Honour e o batom laranjinha Good to Go finalizam a maquiagem da Cavalera.

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!

O olho marrom superfeminino da Huis Clos

22

jan 12

Texto Stephanie Noelle

Helder Rodrigues, beauty artist que assinou a beleza da Huis Clos, foi buscar inspiração no universo feminino. “Mas não queríamos fazer de um jeito óbvio, queríamos o feminino um pouco diferente”, explicou ele.

Para isso, descoloriu a sobrancelha de todas as modelos, “para dar força e sutileza”, e fez um olho marrom com uma mistura de quatro tons diferentes. “Usei a cor Concrete no côncavo, a Brun na pálpebra, Espresso na raiz dos cílios, e a Tempting também na pálpebra, por cima, para dar um brilho. Tem também um lápis bege dentro do olho, o NW25 da MAC”, explicou Helder. No restante da maquiagem, boca nude feita com o batom Myth e blush Sincere.

Nos cabelos, o beauty artist investiu na textura natural do fio, sem produto nenhum, presos em um rabo baixo, que foi dividido entre o meio e a lateral da cabeça.

 

Acompanhe a cobertura da L’Officiel Brasil pelo twitter e curta nossa página no Facebook!